Logotipo | Garagem de Bolso
Garagem de Bolso Notícias Automotivas
Cinco parcerias entre montadoras e clubes de futebol
Cinco parcerias entre montadoras e clubes de futebol

Cinco parcerias entre montadoras e clubes de futebol

por Emerson Lemes Santos

Juntar duas paixões nacionais é fácil, difícil é encontrar alguém que seja apaixonado por futebol e não seja também apaixonado por carros, e quando a coisa fica séria, e uma montadora decide patrocinar um clube de futebol?

Pois é, isso é mais comum do que parece, viver um verdadeiro sonho é ver a sua montadora favorita patrocinando seu clube do coração, não é mesmo?

Nem sempre tal felicidade é possível, e decidimos apresentar cinco casos em que montadoras patrocinaram clubes de futebol, essa sequência não segue uma linha de raciocínio "do pior para o melhor", é apenas para fins de recordação e aprendizado.

Kia Motors e Palmeiras

Em 2012 foi anunciado o acordo entre a gigante coreana Kia Motors e a Sociedade Esportiva Palmeiras, válido para os próximos três anos, o acordo girava em R$ 75 milhões, e a Kia Motors buscava se popularizar ainda mais em solo verde e amarelo, e o seu modelo Kia Soul fazia um grande sucesso entre o público.

Logo no primeiro ano do acordo o Palmeiras conseguiu uma proeza, o time era dirigido pelo técnico Felipão e foi campeão da Copa do Brasil (a Kia Motors também era uma das patrocinadoras da competição) e também foi rebaixado no campeonato Brasileiro, o time do Palmeiras não era tecnicamente dos melhores, e o fato de ter priorizado a Copa do Brasil daquele ano contribuiu e muito para o rebaixamento daquele ano no Brasileirão, que coisa, hein?

Em junho de 2013 o Clube de Regatas Vasco da Gama selou um acordo com a montadora japonesa Nissan, e tinha previsão de duração de quatro anos. A montadora japonesa estava prestes a inaugurar sua fábrica em Resende, Rio de Janeiro.

Nada melhor do que ter sua imagem afiliada a um dos clubes mais populares e queridos do país, e melhor, na sua própria cidade, mas o sonho virou pesadelo rapidamente.

O Vasco da Gama foi rebaixado no Campeonato Brasileiro do mesmo ano, e uma confusão na última rodada no jogo contra o Atlético PR motivou a montadora japonesa a rescindir o contrato com o clube da Cruz de Malta.

Ação questionada por muita gente, até hoje...

No dia 21 de janeiro de 2013 foi anunciada a parceria entre a montadora francesa Peugeot e o Clube de Regatas do Flamengo, o acordo previa uma duração de três anos, muito se especulou sobre o assunto na época, mas poucas informações oficiais sobre valores foram divulgadas, ocorre que a parceria foi considerada um gol de placa pelo presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello (até hoje no cargo).

Na época, a marca da Peugeot estamparia a parte da frente até abril (de 2013) e depois passaria a estampar as costas, o que explica o valor relativamente baixo, cerca de R$ 27,4 milhões pelos três anos.

Ainda em 2013, o Flamengo foi campeão da Copa do Brasil, e a parceria com a Peugeot sacramentou um trabalho de estruturação do clube, que já vinha sendo feito na gestão anterior, comandada pela ex-presidente Patrícia Amorim.

Citroën e Boca Juniors

Também no ano de 2013, envolvendo mais uma montadora do grupo PSA e mais um clube de massa, mas dessa vez, na Argentina.

A Citroën anunciava uma parceria com o clube de coração do Maradona, o Boca Juniors.

O acordo era previsto para os próximos dois anos, e a montadora francesa também anunciava ações futuras com os torcedores através das redes sociais, e que também disponibilizaria carros para membros da direção e alguns jogadores.

Já em campo, a vida do Boca Juniors não foi tão gloriosa como outrora, no mesmo ano, o clube eliminou o Corinthians pelas oitavas de finais da Copa Libertadores da América, com uma arbitragem polêmica (para se dizer o mínimo) e em seguida foi eliminado pelo seu maior rival, o River Plate. Numa decisão que partiu da Conmebol, após uma confusão generalizada no clássico disputado em seu estádio "La Bombonera", torcedores atingiram os jogadores do River Plate com gás de pimenta, o jogo foi interrompido e não teve mais condições de recomeçar.

O Boca Juniors perdeu a 1ª partida por 1x0.

Jeep e Juventus

Chegou a hora de irmos a Europa, precisamente a Velha Bota, Itália.

Trata-se da parceria firmada em 2012 entre e gigante Jeep e o time da Juventus, logo de cara o acordo chamou muito a atenção do mundo, por conta da crise econômica que a Europa havia acabado de passar.
O acordo previa três anos de duração, porém, perdura até hoje.

Com seus dois principais rivais em baixa, Inter de Milão e Milan, a Juventus viveu uma verdadeira hegemonia no futebol italiano durante esse período, foram cinco Campeonatos Italianos (de forma consecutiva), três Copas da Itália, uma Super Copa da Itália, e duas finais da UEFA Champions League.

Nada mal, não é mesmo?

Conclusão

Infelizmente, para os torcedores de Palmeiras, Vasco e Boca Juniors as parcerias com as montadoras não trouxeram dias gloriosos no futebol, no caso do Flamengo foi razoável a parceria com Peugeot, e em especial a parceria entre Jeep e Juventus/Itália foi sensacional, o time dominou o futebol italiano desde então, por duas vezes quase subiu no topo da Europa.

Claro que não cabe associar uma questão de sorte ou azar com as parcerias, é relativo, e um trabalho como esse depende de muita gente para dar certo, claro, é muito melhor realizar um trabalho tendo uma montadora gigante como parceira, concorda?

E você, qual montadora gostaria de ver patrocinando o seu time de coração?