Logotipo | Garagem de Bolso
Garagem de Bolso Notícias Automotivas
Como dirigir carro com câmbio automático e o que significa cada posição (P, R, N e D)
Como dirigir carro com câmbio automático e o que significa cada posição (P, R, N e D)

Como dirigir carro com câmbio automático e o que significa cada posição (P, R, N e D)

por Emerson Lemes Santos

De cara, o câmbio automático possui um ponto mais que positivo, que é o seu sistema anti furto, sem a chave, o câmbio fica travado, assim como as rodas.

Mas, os ladrões sabem disso, e buscam alternativas de burlar tais sistemas, mas uma coisa é certa, a prática de furto e/ou roubo torna-se muito mais difícil em carro com câmbio automático.

Primeiro passo ao usar o câmbio automático, segurança - caso você esteja habituado a dirigir carro manual, é natural que o seu pé esquerdo esteja acostumado a pisar no pedal do freio, e as vezes, até com certa força.

Bom, não cometa essa prática com o câmbio automático, ou seja, não pise bruscamente no pedal de freio, caso pise, o carro brecará com força e travará as quatro rodas, o que pode ocasionar acidentes, portanto... Atenção!

Agora vamos a parte prática e o que significa cada posição:

P = Parking (estacionamento em inglês) - então, sempre que o veículo for ligado ou antes de ser desligado, você sempre o deixará na função "P", e você deve trocar de posição com ele parado, nunca realizar as trocas com ele em movimento, em hipótese alguma.

Dando continuidade, posição R = reverse (marcha ré em inglês)

Após ligar o carro e apertar o pedal do freio para ativar o câmbio automático que inicialmente estava na função (P = estacionamento), e sua intenção é dar marcha ré, use a posição "R" e solte o freio devagar, bem devagar... assim o carro irá para trás.

Caso queira usar uma ré comprida, use o acelerador, mas não muito e sempre com muito cuidado, o ideal é apenas soltar o freio aos poucos, pois, o risco de causar acidentes em uma ré comprida aumenta consideravelmente.

A posição N = neutral (neutro em inglês)

Coloque o câmbio na posição N e solte o freio, o carro não vai andar, porém, as rodas não estarão travadas.
Ele (poderá) andar um pouco para frente ou para trás, isso equivale ao ponto morto em um carro manual.
A posição N exige cuidados e principalmente, atenção.

Finalmente, a função D = drive (dirigir em inglês)

Já sei, você estava ansioso (a) para finalmente dirigir, mas acredito que tenha entendido até aqui que câmbio automático não é brincadeira e que especialmente no início é preciso tomar alguns cuidados.

A posição D (dirigir) não tem maiores segredos, assim que ela é ativada e o acelerador é estimulado com o seu pé, o carro ganhará velocidade gradualmente.

Bom, conhecendo um pouco melhor cada função do câmbio automático dá para perceber que não se trata de nenhum bicho de sete cabeças, e claro, assim como o câmbio manual exige cautela e treinamento.

Um ponto que não poderíamos deixar de abordar antes do final deste artigo, diz respeito a importância de sempre manter a manutenção do veículo em dia, sabemos que isso é redundante, até porque sempre deixamos isso bem claro em todos os nossos artigos, mas o uso incorreto do câmbio automático somado a falta de revisão periódica pode acarretar danos severos a peça, e geralmente o valor do concerto é bastante salgado, ele gira em torno de R$ 3.000 em diante.

Então, se você já possui um carro com câmbio automático, jamais negligencie as suas revisões periódicas, e se você pretende comprar um carro usado com câmbio automático, tenha máxima atenção e não deixe de ver o carro acompanhado (a) de um profissional.


No mais, o consumo do carro com câmbio automático geralmente é maior que a sua versão manual, esteja pronto para isso também, assim, como o conforto e a facilidade que o câmbio automático tem a lhe oferecer.