Logotipo | Garagem de Bolso
Garagem de Bolso Notícias Automotivas
Opinião: Renault errou feio ao escolher a contara Anitta em sua nova campanha publicitária
Opinião: Renault errou feio ao escolher a contara Anitta em sua nova campanha publicitária

Opinião: Renault errou feio ao escolher a contara Anitta em sua nova campanha publicitária

por Emerson Lemes Santos


(Anitta nos bastidores do comercial - Foto: Reprodução)

A cantora Anitta estrelou a mais nova campanha publicitária da Renault do Brasil, intitulada "La pagadora".
Ela foi ao ar na última sexta-feira (08), durante o intervalo do Jornal Nacional e da novela das 21h, da Rede Globo.

Ao todo, são sete episódios, no estilo novela mexicana - todos já foram disponibilizados no Youtube pela própria Renault, juntos somam mais de 50 milhões de visualizações.
Contudo, não é possível comentar em nenhum deles, será que foi uma exigência da própria Anitta?


“Essa foi uma experiência única! Sempre tive interesse pela atuação, mas nunca explorei muito esse lado. Todas as vezes que fiz participações como atriz, eu faço a Anitta, e não um personagem. Dessa vez, encarnei a Ana Nitta e foi muito engraçado! O resultado ficou incrível e me lembrou muito as novelas mexicanas que eu assistia quando pequena”, diz ela.


Por quê a Renault errou ao escolher a Anitta?

Olhando para os números acima, fica difícil falar em erro, afinal, são mais de 50 milhões de visualizações no Youtube em menos de dois dias, porém, vale lembrar, que a contara se envolveu em polêmicas ano passado, devido ao seu posicionamento político e controverso, do qual, mudou de opinião após receber uma enxurrada de críticas na internet.

Artisticamente falando, fica difícil fazer qualquer tipo de análise técnica a respeito da Anitta, pois, quem vos escreve, já passou dos trinta anos, e tem forte inclinação para o rock e os anos 80, então, seria injusto comentar sobre os talentos musicais da estrela da Renault.

Em conta partida, a cantora desbancou a atriz Bruna Marquezine, a eterna ex do Neymar, e voltou a ser a brasileira mais seguida no Instagram, pensando como negócio, faz sentido a escolha da Renault, porém, eu não pagaria!