Logotipo | Garagem de Bolso
Garagem de Bolso Notícias Automotivas
Especial: Vale a pena comprar um Chevrolet Zafira?
Especial: Vale a pena comprar um Chevrolet Zafira?

Especial: Vale a pena comprar um Chevrolet Zafira?

por Emerson Lemes Santos


Modelo tem dois assentos escamoteáveis no porta-malas e deixou fãs órfãos ao ser descontinuado

Pode parecer estranho falar agora sobre um veículo que já saiu de linha, enquanto o mercado bombardeia os consumidores com lançamentos a todo momento, a munição usada tem apenas três letras: SUV.

Eu, em seu lugar, também estranharia um artigo sobre o Chevrolet Zafira, em pleno 2019.
Por que não um SUV ou um "importadinho" usado na casa dos R$ 25 mil?

Muitos fãs da Chevrolet, acreditam que a marca perdeu identidade nos últimos anos, mesmo com o Onix vendendo a todo momento. (Enquanto você lê essa frase, alguém está comprando um Onix)

Não queremos bancar "os jovens saudosistas", mas, Astra, Corsa e Vectra deixaram saudade, ô... Se deixaram!

Por que não o Chevrolet Zafira?

Se você tem menos de trinta anos, provavelmente não curtiu a ideia, o mercado está cheio de carros mais bonitos e interessantes... Bom, talvez.

Caso você tenha passado dos trinta, e busca boa dirigibilidade, espaço interno, motor confiável e manutenção simples, talvez um Chevrolet Zafira esteja a sua espera e você nem notou.

Um leitor, proprietário de um Chevrolet Zafira 2005/2005, nos enviou um relato sobre a sua experiência com o carro, comprado há cinco anos...

O veículo conquistou a incrível nota 8,56 no site Opinião do Dono, podemos afirmar que, muitos carros novos, considerados premium não conseguiram tal feito.
Enfim, o leitor/amigo concluiu seu relato assim "Se você encontrar uma (Zafira) bem conservada, não pense duas vezes, compre... A minha, eu não vendo."

Consumo de 7,4 km/l na cidade e 10,3 km/l na estrada é honesto para o seu porte, outra boa prova de durabilidade, é o fato do mesmo ter sido muito usado por taxistas, no mais, atenção ao câmbio automático, há quem já precisou desembolsar R$ 5 mil por conta de desleixo do dono anterior.