Logotipo | Garagem de Bolso
Garagem de Bolso Notícias Automotivas
Especial Citroën C4 Cactus: Opinião do dono
Especial Citroën C4 Cactus: Opinião do dono

Especial Citroën C4 Cactus: Opinião do dono

por Emerson Lemes Santos


Citroën C4 Cactus (Citroën/Divulgação)

Presente no mercado europeu desde 2014, o Citroën C4 Cactus chegou ao Brasil em 2018, bem equipado e moderno, como manda o figurino Citroën, ele já é o veículo mais vendido da marca no Brasil.
Somente no mês de julho, foram comercializadas 1.474 unidades do SUV, mais que o dobro do badalado Chery Tiggo 2.


Ana Theresa Borsari, presidente da Peugeot, Citroën e DS do Brasil (Foto: Reprodução)

Muita gente ainda fica desconfiada quando o assunto é carro da Citroën, o modelo C4 Cactus possui um grupo de discussão no Facebook, com 2.183 membros, nele foi iniciada uma discussão a respeito do veículo, confira agora:

Estou para adquirir um Citroën C4 Cactus e procurei opiniões de donos do carro para não ter surpresas futuras, e pude apontar alguns aspectos negativos comuns a maioria das opiniões. Gostaria de saber de vocês, se alguns desses aspectos se enquadram a sua experiência:

1) a parte interna do veículo possui excesso de plásticos de baixa qualidade que como consequência, provocam ruídos internos

2) ausência de luz no porta-luvas e parte interna traseira

3) assistente de rampa não funciona conforme dito pela Citröen

4) faróis dianteiros fracos

5) apoio/descanso de braços é posicionado em desacordo com os bancos, o que acaba sendo inútil, pois ele fica muito recuado.

6) as fivelas dos cintos traseiros ficam batendo e fazendo barulhos quando não estão sendo utilizadas, é preciso encaixá-las num furo feito especificamente para isso... Que o passageiro irá saber se preocupar em fazer isso sempre que sair do carro?

7) pós-venda ruim

Enumerei os principais pontos negativos que andei pesquisando, e por conta disso ainda tenho minhas dúvidas. Tenho intenção de pegar a versão Feel


- Estou muito satisfeito com o meu C4 Cactus. Veículo resistente e confiável, entendo que, algumas melhorias devam ser feitas, mas considero uma boa compra, quanto ao pós-venda, posso dizer que supera outras montadoras.

- Temos um Cactus Feel 1.6 mecânico. Tudo bem que é um modelo de entrada mas, mesmo assim, achamos um ótimo carro!
Confortável, agradável de dirigir, esperto, anda bem e até o momento só satisfação. Já rodamos, em seis meses de uso, quase 9.000 quilômetros, metade disso em viagens de até 1.200 quilômetros, e nenhum problema. Zero de barulhos!
Quanto ao acabamento, plásticos hoje são a tônica em nossos automóveis! À exceção, claro de carros mais caros e de outro nível. Não esqueçamos que o Cactus é um crossover compacto e não um carro de luxo!

- O assistente de rampa funciona bem sim! É só pisar bem no freio que ele não volta...
Os furos pra encaixar os cintos traseiros ajudam muito a não fazer barulho. Sua preocupação em relação a eles e a luz traseira faz sentido, se você sempre tiver passageiros/crianças.
Quando me venderam não mencionaram o "encosto de braço" com essa função. O vendedor já me vendeu como um porta treco porque realmente não funciona como apoio.

- O encosto de braço tá mais para porta treco mesmo, poderia realmente ficar em uma posição melhor, e a iluminação interna não é muito boa , mais já vi relatos de pessoas que trocaram as lâmpadas e elogiaram bastante.

- Com relação aos plásticos internos, posso te dizer que realmente são inferiores ao que estava acostumado com a linha PSA, mas são superiores aos que vieram na nossa fiat toro 2019 top de linha de quase 130 mil.

- O C4 Cactus é muito bonito, fiz um test drive e me decepcionei, a um tempo fiz a mesma pesquisa (acabamento, conforto, ruídos, pôs venda e desvalorização) muita gente insatisfeita, assim como na Fiat Toro, sendo assim, resolvi esperar mais um pouco para comprar o tão sonhado carro zero km, pesquisei vários, até SUVs de grande porte e acabei comprando um
Honda Civic G10... carro topo de linha, a melhor compra e o melhor pós-venda do mercado.

- Olha, eu tenho um C4 cactus automático Feel Pack, está com quase 90 dias está com seis mil quilômetros, estou satisfeito, porém, a falta de luz no porta luvas e na parte interna da traseira faz muita falta, e também o pegador chamado "puta que pariu" do passageiro, principalmente eu, que sou táxista, faz muita falta para o passageiro mais idoso, fora isto, você vai ficar satisfeita. É um ótimo carro, estabilidade, porceto, estou na Citroen há seis anos, um C3 e uma Aircross, e agora C4 cactus, portanto, faça o que seu coração pedir, não vai em ondas de comentários que você se decepiciona com todos, faça aquilo que lhe agrada, boa sorte!

- Não acho os faróis dianteiros fracos, o assistente de partida em rampa funciona normalmente e o pós-venda tem sido ótimo. Já sobre o acabamento, acho na média para um carro desse segmento, mas sim, faltam as luzes traseiras e do porta luvas.

- Eu acho um carro pequeno, sentimos falta de alguns acessórios, mais pelo preço cobrado... sentimos falta do GPS, só por espelhamento, ficou muito fraco, mas enfim, no Brasil está tudo assim. A desvalorização também é uma questão bem forte dos carros Citroën. Sobre o pós-venda, não podemos de forma alguma reclamar, todas as revisões tivemos carro reserva... atendimento personalizado e bem rápido, as peças demoram um pouco para chegar.

Cada experiência é única, visto que cada pessoa tem uma necessidade diferente, mas vamos as minhas percepções em relação as suas observações:

1) Concordo com a baixa qualidade do plástico interno, ruído para mim, nem tanto, por enquanto

2) Sim, realmente um problema

3) Discordo, funciona perfeitamente como anunciado, 3 segundos após tirar o pé do freio ele começa a descer, e mais, em alguns casos, dependendo da inclinação ele para completamente

4) Discordo, funciona bem

5) Não é um apoio de braço e sim o porta-treco, é erro do marketing da Citroën anunciar como apoio

6) Concordo e o que faço é deixar o cinto afivelado, mas não nos furos, no próprio local, para mim não é problema, porque ando sempre sem passageiros

7) Discordo, sempre que precisei da concessionária fui muito bem atendido (comprei na LeMans na Vila Prudente em São Paulo).

Acredito que você deva fazer, antes de decidir, é entrar nos grupos de outros carros similares, Kicks, HRV, Renegade e verificar se essas mesmas reclamações não existem, além do test drive.

Uma opção interessante é alugar o carro, pois por exemplo, fui fazer o TD no Kicks e o vendedor só queria que eu andasse em local plano, para não deixar a vista o quanto o motor é fraco.

Participei desses grupos antes de me decidir (comprei um THP Pack) e, por exemplo, descobri que minhas primeiras opções não eram as melhores, justamente por conta das reclamações: Kicks barulho crônico no porta-malas que a concessionária resolve com feltro, HRV problemas na suspensão e barulho, Renegade alto consumo e problemas crônicos elétricos (tenho um amigo que travou o freio eletrônico com o carro em movimento).

Enfim, resumindo, além das percepções de cada um, você precisa tirar suas próprias conclusões.